Neste blog compartilho vivências e êxitos do meu fazer pedagógico, objetivando interagir com professores, amigos, alunos e pais!

sábado, 19 de maio de 2012

BIENAL 2011 - EDUCAR PARA CIDADANIA -

Participação no evento com relato de experiência.
Tendo como paradigma a pedagogia freireana, 
este projeto pedagógico teve como objetivo a inclusão
 digital e formação cidadã, fazendo uso das redes sociais na Internet.


Veja o vídeo!

video


O CARTAZ

O Cartaz - tráfico de animais
Relato de experiência


Após vastos estudo sobre o tráfico de animais silvestres, foi proposto aos alunos um concurso de produção de cartazes que retratassem este tema. As produções foram muito interessantes e criativas, sendo escolhido como trabalho mais expressivo o: ISSO NÃO É LEGAL!
Publicado no site da Rede Pitagoras de Ensino em 27/10/2005
http://www2.redepitagoras.com.br

Escrevendo e reescrevendo cartas

Relato de experiência
Este projeto foi desenvolvido com alunos de 4ºano, do Ensino Fundamental I. Usando como fundamentação teórica os pressupostos pedagógicos da autora Irandé Antunes, em seu livro "Aula de Portugês". Publicado no site da Rede Pitágoras 23/11/2005



A água na Terra está se esgotando!

Relato de experiência
Este projeto desenvolveu-se com alunos 4º ano, investigando o uso da água, suas fontes, objetivos para seus uso, contaminação e focalizou nas doenças causdas pelo uso de água contaminada, levando os alunos a produzir um planfleto sobre tema que foi disribuido na escola, a fim de conscientizar a comunidade escolar da necessidade de preservação da água e sua importância à vida humana.
Publicado no site da Rede Pitágoras de Ensino em 21/03/2006. http://www2.redepitagoras.com.br

GIL VICENTE, UM PERNAMBUCANO QUE FAZ A DIFERENÇA!


PROJETO DESENVOLVIDO EM 2007 E CLASSIFICADO 
NO CONCURSO ARTE NA ESCOLA,
 ÚNICO REPRESENTANTE POLO UFPE
 2ºº ciclo 1º ano

Gil Vicente - Site oficial


RELATO DE EXPERIÊNCIA
Secretaria de Educação, Esporte e Lazer da Cidade do Recife
Escola Municipal Inês Soares de Lima
Projeto: Gil Vicente, Um pernambucano que faz diferença.
Professora: Eliane Urbano Braga Pinto

”É  necessário que a escola, como local privilegiado onde deve ser exercido o princípio democrático de
acesso a informação e formação de todas as classes sociais, compreenda que a arte é prática social que no fazer, faz também cultura e história’.   Kelwald, 2001.

No ano letivo de 2007 a escola elegeu o tema “Recife, Vivendo e Convivendo com a Arte” para desenvolver o projeto didático que culminou na feira de conhecimentos. Cada professor/a selecionou um aspecto a ser estudado com sua turma. Resolvi desenvolver um tema na linguagem das artes visuais ao abordar a obra do artista plástico Gil Vicente que tem seu ateliê localizado no bairro vizinho ao da escola. Dessa forma conheceríamos um artista que reside perto de nós.

A proposta foi levada para os/as alunos/as que logo aderiram à idéia e que ao conhecer um pouco sobre a trajetória do artista intitularam o projeto de “Gil Vicente, um pernambucano que faz a diferença”. Iniciamos o projeto partindo da pesquisa para fundamentar nossa prática. Visitamos o site do artista, buscamos revistas e livros que apresentavam seu trabalho.

Através do site podemos entrar em contato com a sua biografia, seus trabalhos, a trajetória de sua carreira, a dimensão de sua obra, reconhecimento e sucesso. Também pesquisamos a história da arte em diferentes períodos históricos consultando enciclopédias e livros de arte. Percebemos que a arte está impregnada do contexto histórico, social, político e econômico em que foi produzida confirmando a idéia de que a arte não é neutra, ela transmite idéias, conhecimentos, emoções, posturas, sentimentos.

Essa questão está fortemente apresentada na exposição INIMIGOS, mostra individual do artista realizada em 2005/2006 aqui em Recife. A partir da arte de Gil Vicente realizamos debates, pesquisas na Internet, produções de cartazes, painéis temáticos, socializamos com a comunidade escolar.

VÍDEO MOSTRANDO O DESENVOLVIMENTO E CONCLUSÃO DO PROJETO


http://governo-pe.jusbrasil.com.br/politica/2331276/biblioteca-publica-do-estado-promove-iv-encontro-anual-do-projeto-arte-na-escola

https://picasaweb.google.com/115526696510466629186/ARTENAESCOLA

UTILIZANDO AS MÍDIAS NA EDUCAÇÃO

Utilizando as mídias como elemnto facilitador para comreensão dos conceitos de reconhecimento,modificação e conservaçã do nosso espaço geográfico - uma experiência inter/multidisciplinar.
O PROJETO
Experiência desenvolvida com alunos do Ensino Fundamental, 2º Ano do1º Ciclo, na Escola Municipal Inês Soares de Lima. A referida escola se utiliza da Pedagogia de Projetos, como forma de desenvolver uma prática pedagógica competente e responsável, tendo como missão a formação cidadã mais ampla, na direção do desenvolvimento  de hábitos que conduzam a sustentabilidade. Para tanto, trabalhou-se na Linha Interdisciplinar, valorizado-se  as vivências dos alunos, suas experiências de vida, integrando o processo de letramento, alfabetização lingüística, alfabetização matemática, geográfica é um acontecimento social que ocorre na interação indivíduo-indivíduo, indivíduo-espaço, indivíduo-histórico e cidadão.
POR QUE? A necessidade de promover o estudo e a localização do espaço, espaço e tempo com o intuito de trabalhar; A alfabetização cartográfica; Para desenvolver o estudo e compreensão da ação humana e as conseqüências desse processo; Identificação  e compreensão dos processos sociais, físicos e biológicos nos diferentes espaços.
EIXO CONDUTOR: Geografia, História, Matemática, Ciências e Letramento.
PARA QUÊ? Reconhecer as partes constituídas do espaço onde vive, identificando os lugares que o compõem e a função desses lugares, bem como as relações sociais que os caracterizam;
Compreender que a organização do espaço é resultado da ação da natureza e da ação das pessoas, a fim de atenderem seus interesses pessoais e coletivos; Caracterizar a paisagem local: suas origens e organização, as modificações da natureza em seus aspectos biofísicos, as transformações ocorridas ao longo do tempo; Perceber-se como sujeito ativo da sociedade, cidadão participativo em suas responsabilidades social; Descobrir o mundo aventurar-se para além de sua casa e de sua família, que conversa, escreve cartas, e-mails, ver televisão, viaja, passeia e, sempre que possível, navega na internet; Interpretar as informações, lidar com as mesmas que recebemos cotidianamente, se to

Congresso Municipal de Educação e Tecnologia da PCR - 2010


https://plus.google.com/photos/115526696510466629186/albums/5741803680183619329

EXERCÍCIOS NA ESCOLA


Na nossa escola com o intuito de promover momentos ludicos e saudáveis na escola, sob a orientação pedagógica tem sido desnevolvido várias atividades ludicas: brincadeiras de rodas, artes e outros.25/08/2011 - Atividades físicas trabalhadas na prática pedagógica
Destamos o momento realizado por mim, Professora Eliane Braga, da Escola Municipal Inês Soares de Lima, no turno Manhã com todos os aluns,onde pudemos realizar momentos de exercícios dealongamento. Isto aconteceu devido a que eu mesma precisei fazer exercícios e reeducação alimentar para manter a saude, visto que estava ficando gordinha, com alguns picos de pressão arterial, por isso busquei  fazer um "checup" e seguir as orientações medicas: dieta alimentar exercicios fisicos, vida saudável.
Minha experinencia tem dado cert e já emagreci 15  quilos, frequento diariamente academia de ginástica e busco manter uma alimentação saudável.
Então diante disso oportunizei a meus alunos e demais alunos da escola vivenciar um momento de exercicios de alongamento que fiz na abertura do turno com todos  os participantes da escola. Foi um  momento muito prazeroso, incialmente colocamos a necessidade de vida saudavel, e que os brasileiros tem tido uma expectativa de vida maior, hoje se vive mais que anos atrás.


http://educar.recife.pe.gov.br/noticia/noticiaDetalhe/2090/1

VIDA E OBRA DE PAULO FREIRE



Estudantes fazem releitura do educador!



Vejam o projeto pedagogico 2011 realizado na emisl
Professora Eliane 1º ciclo 2º ano - PCR:
http://educar.recife.pe.gov.br/noticia/noticiaDetalhe/2138/1